Abril Vermelho: Deputados criticam invasões do MST

Abril Vermelho: Deputados criticam invasões do MST

O Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) iniciou nesta tarde desta segunda-feira (15) que já contabiliza 24 invasões de terra do Abril Vermelho. As invasões ocorrem em 11 estados: Sergipe, Pernambuco, Paraná, Rio Grande do Norte, Bahia, Pará, São Paulo, Distrito Federal, Goiás, Ceará e Rio de Janeiro.

A Frente Parlamentar Invasão Zero, vai realizar uma mobilização na Câmara dos Deputados no próximo dia 24 de abril. Para homenagear o agronegócio nacional, reafirmando a importância da defesa do direito de propriedade e da segurança jurídica no campo.

Segundo o presidente e Deputado Federal Luciano Zucco (PL-RS) “o direito de propriedade, cláusula pétrea da nossa Constituição, foi desrespeitado em nosso país. Os responsáveis por esta grave violação avisaram  com antecedência que cometeriam o crime de esbulho possessório e nada foi feito”. 

As invasões são intituladas como “Jornada de Lutas em Defesa da Reforma Agrária do MST” e ocorrem no mesmo dia em que o governo Lula (PT) lançará um programa para reforma agrária.

“Temos testemunhado cenas repugnantes, gente armada com paus e facões impedindo o direito de ir e vir de trabalhadores. Uma verdadeira barbárie, imagens que nos remetem à Idade Média. O Brasil trilha um caminho perigoso, que levará, inevitavelmente, a uma escalada de violência no campo”, diz Zucco. 

O parlamentar ainda reforça que “não podemos e não ficaremos de braços cruzados. Nosso maior compromisso é com os homens e mulheres do campo, os maiores responsáveis pelo nosso desenvolvimento”.

source


Descubra mais sobre Conexão Libertas

Assine para receber os posts mais recentes por e-mail.

Deixe um comentário