Barroso exalta “democracia valiosa” no aniversário do início da ditadura militar

Barroso exalta “democracia valiosa” no aniversário do início da ditadura militar

Luís Roberto Barroso
Presidente do STF afirmou que a “democracia é valiosa” e “essência de uma vida verdadeiramente digna”.| Foto: Rosinei Coutinho/STF

O ministro Luís Roberto Barroso, do Supremo
Tribunal Federal (STF), comentou o aniversário do início da ditadura militar
neste domingo (31) exaltando “como a democracia é valiosa” após 60 anos.

Em uma rede social, Barroso comentou a data sem
citá-la nominalmente, mas como uma alusão ao domingo de Páscoa.

“31 de março de 2024: um dia para celebrar a
Páscoa, a ressurreição, os bons sentimentos de renovação e esperança, e também
para lembrar do que nunca podemos esquecer: de como a democracia é valiosa e a
nossa liberdade, nossos direitos e garantias fundamentais são a essência de uma
vida verdadeiramente digna nesse país. Feliz Páscoa, democracia sempre”,
escreveu.

Em outra rede social, Barroso afirmou que “numa era de tantos avanços tecnológicos, ainda precisamos avançar nos valores espirituais: bem, justiça, compaixão e dignidade para todos”.

Além de Barroso, o ministro Flávio Dino também comentou os 60 anos do início da ditadura militar no Brasil, chamando a função militar de “subalterna” e classificando o período como “abominável”. A declaração foi dada em meio ao julgamento dos limites constitucionais das Forças Armadas em uma ação na Corte.

“Este voto na ADI 6457, ora em julgamento, é proferido em data que remete a um período abominável da nossa História Constitucional: há 60 anos, à revelia das normas consagradas pela Constituição de 1946, o Estado de Direito foi destroçado pelo uso ilegítimo da força”, escreveu.

source


Descubra mais sobre Conexão Libertas

Assine para receber os posts mais recentes por e-mail.

Deixe um comentário