Câmara dos EUA aprova ajuda de US$ 95 bi para Ucrânia e Israel

Câmara dos EUA aprova ajuda de US$ 95 bi para Ucrânia e Israel

Neste sábado (20), a Câmara dos Deputados dos Estados Unidos aprovou um pacote legislativo de 95 bilhões de dólares com amplo apoio bipartidário. O pacote destina assistência de segurança à Ucrânia, Israel e Taiwan.

O pacote legislativo segue agora para o Senado de maioria democrata, que já havia aprovado uma medida semelhante há mais de dois meses. Líderes políticos dos EUA, desde o presidente Joe Biden até o principal republicano do Senado, Mitch McConnell, têm instado o presidente da Câmara, Mike Johnson, a levar o assunto à votação. Espera-se que o Senado aprove a medida na próxima semana, enviando-a para sanção de Biden.

Cerca de uma dúzia de legisladores democratas agitaram pequenas bandeiras ucranianas quando ficou claro que parte do pacote estava sendo aprovada. Johnson repreendeu os legisladores, chamando a atenção para o que ele chamou de “violação do decoro”.

O pacote de quatro projetos de lei também inclui fundos para Israel, assistência de segurança para Taiwan e aliados no Indo-Pacífico, além de uma medida que inclui sanções. Entre as propostas, está a ameaça de proibir o aplicativo de mídia social de propriedade chinesa TikTok e a potencial transferência de ativos russos apreendidos para a Ucrânia.

 

“A aprovação desta legislação enviaria uma mensagem poderosa sobre a força da liderança americana num momento crucial”, disse a Casa Branca em comunicado na sexta-feira (19). “A administração insta ambas as câmaras do Congresso a enviarem rapidamente este pacote de financiamento suplementar à mesa do presidente.”

Alguns republicanos manifestaram forte oposição a mais ajuda à Ucrânia, argumentando que os EUA não podem arcar com isso devido à crescente dívida nacional, que já chega a 34 bilhões de dólares. Eles levantaram repetidamente a ameaça de destituir Johnson, que se tornou presidente da Câmara em outubro.

O deputado Bob Good, presidente do House Freedom Caucus, disse que os projetos representam um “deslize para o abismo de uma crise fiscal maior e de políticas definitivas para a América que refletem Biden e os líderes democratas”.

Apesar disso, o candidato presidencial republicano Donald Trump expressou apoio a Johnson e destacou a importância da sobrevivência da Ucrânia para os EUA.

O pacote destina 60,84 bilhões de dólares para resolver o conflito na Ucrânia, incluindo 23 bilhões de dólares para reabastecer armas e instalações dos EUA; 26 bilhões de dólares para Israel, incluindo 9,1 bilhões de dólares para necessidades humanitárias, e 8,12 bilhões de dólares para o Indo-Pacífico. (Foto: reprodução vídeo; Fonte: CNN)

 

Gostou? Compartilhe!


source


Descubra mais sobre Conexão Libertas

Subscribe to get the latest posts sent to your email.

Deixe um comentário