Desaprovação do governo Lula dispara em 4 cidades

Desaprovação do governo Lula dispara em 4 cidades

Avaliação negativa da gestão petista aumenta em Santos, Londrina, Rio de Janeiro e São Paulo, indica Paraná Pesquisas

A administração petista enfrentou mais notícias adversas nesta semana. Segundo o Paraná Pesquisas, houve um aumento na rejeição ao governo do presidente Luiz Inácio da Silva em quatro cidades: Santos (SP), Londrina (PR), Rio de Janeiro e São Paulo.

Santos, a maior cidade da costa de São Paulo com uma população de 418 mil, possui a maioria de seus eleitores descontentes com o governo Lula. De acordo com uma pesquisa divulgada na terça-feira 30, 52,8% dos eleitores se encontram insatisfeitos. Esse percentual aumentou em comparação aos dados coletados em dezembro de 2023 (48,1%) e março do ano corrente (50,1%).

No município de Londrina, o segundo mais populoso do Paraná com uma população de 555 mil pessoas, houve um aumento percentual na desaprovação do atual governo federal nos últimos meses. De acordo com os dados divulgados pelo Paraná Pesquisas na quinta-feira, 2, a desaprovação aumentou de 59,5% em junho de 2023 para 65,1% em maio. Em dezembro do ano anterior, o índice de desaprovação era de 62,7%.

A desaprovação do governo Lula no Rio de Janeiro ultrapassou a porcentagem de aprovação. Conforme as informações da semana atual, a avaliação favorável ao presidente da República diminuiu de 48,4%, em novembro de 2023, para 46,6%. Por outro lado, a avaliação desfavorável aumentou de 48,3% para 49,9%. Com a população estimada em 6,2 milhões, a cidade do Rio de Janeiro é a segunda mais populosa do país.

Indicadores em São Paulo

De acordo com a pesquisa do Paraná Pesquisas divulgada na quinta-feira, em São Paulo, a aprovação do governo Lula ultrapassa a desaprovação com 52,1% contra 45%. No entanto, a avaliação negativa continua aumentando. Segundo o instituto, os percentuais de desaprovação do governo PT nos últimos meses foram os seguintes:

  • Julho 2023 — 39,6%;
  • Agosto 2023 — 38,8%;
  • Setembro 2023 — 37,4%;
  • Outubro 2023 — 39,1%;
  • Novembro 2023 — 42,1%;
  • Dezembro 2023 — 42%;
  • Fevereiro 2024 — 41,9%;
  • Março 2024 — 43,6%; e
  • Maio 2024 — 45%.

A capital paulista, com 11,4 milhões de habitantes, é a cidade com a maior população do Brasil.

Pesquisas Revelam Alta Desaprovação do Governo Lula

No levantamento que trouxe novos detalhes sobre a desaprovação do governo Lula em Santos, o Paraná Pesquisas conversou com 800 eleitores entre os dias 24 e 29 de abril. A pesquisa, registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o número SP-07284/2024 e com margem de erro de 3,5 pontos percentuais, revelou ainda que os deputados Rosana Valle (PL) e Paulo Alexandre Barbosa (PSDB) estão liderando a disputa pela prefeitura santista.

A equipe do Paraná Pesquisas em Londrina também conduziu 800 entrevistas, do dia 26 de abril até o dia 1º de maio. Com uma margem de erro de 3,5 pontos percentuais, a pesquisa está registrada no TSE sob o número PR-02066/2024. Filipe Barros (PL) e Tiago Amaral (PSD) aparecem como favoritos na disputa pela prefeitura local.

O instituto realizou uma pesquisa com 800 eleitores do Rio de Janeiro, registrada sob o número RJ-06897/2024 no TSE. As entrevistas foram realizadas entre os dias 24 e 29 de abril. Com uma margem de erro de 3,5 pontos percentuais, a pesquisa indica que o atual prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes (PSD), está liderando as intenções de voto.

No levantamento feito pelo Paraná Pesquisas, Ricardo Nunes (MDB), atual prefeito de São Paulo, lidera em intenção de voto nos três cenários propostos. O estudo, que também revelou dados sobre a rejeição ao governo Lula, foi registrado no TSE sob o número 05530/2024. O instituto realizou entrevistas com 1,2 mil eleitores para a produção do relatório final, que possui uma margem de erro de 2,9 pontos percentuais. As informações são da Revista Oeste.

source
Siga o canal Conexão Libertas no WhatsApp:

https://whatsapp.com/channel/0029Va60fTpHQbS8xzf9zq1M

Siga o canal Conexão Libertas no Telegram:

https://t.me/conexaolibertas


Descubra mais sobre Conexão Libertas

Assine para receber os posts mais recentes por e-mail.

Deixe um comentário