Eduardo Leite pede ajuda imediata a Lula para resgatar ‘centenas de pessoas’ de temporais

Eduardo Leite pede ajuda imediata a Lula para resgatar ‘centenas de pessoas’ de temporais

O governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite (PSDB), pediu ajuda imediata ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva, na noite desta terça-feira, 30, em seu perfil no Twitter/X. O auxílio seria para resgatar “centenas de pessoas” que foram atingidas pelos recentes temporais no Estado.

“Presidente Lula, por favor, envie imediatamente todo o apoio aéreo possível para o Rio Grande do Sul”, reforçou o governador. “Precisamos resgatar já centenas de pessoas em dezenas de municípios que estão em situação de emergência pelas chuvas intensas já ocorridas e que vão continuar nos próximos dias.”

Cinco pessoas morreram em decorrência dos temporais intensos que atingiram o Rio Grande do Sul. O alerta de tempestades, iniciado na segunda-feira 29 pelo Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), permanece em vigor até a noite da próxima quinta-feira, 2.

Impactos e alertas meteorológicos

Até as 8h da manhã desta terça-feira, 30, 65 municípios haviam comunicado à Defesa Civil estadual danos causados pela intensidade das chuvas desde o fim de semana.

Houve fortes ventos, descargas elétricas, queda de granizo, alagamentos urbanos e interrupções em estradas em virtude de deslizamentos e outros impactos.

+ Leia mais notícias do Brasil em Oeste

No município de Paverama, duas mortes foram registradas, sendo uma delas de um homem de 69 anos. O idoso foi arrastado pela correnteza ao tentar atravessar uma área alagada de carro.

A terceira morte ocorreu em Pântano Grande. Atualmente, 242 pessoas estão em abrigos públicos e 95 foram desalojadas, recebendo apoio da Defesa Civil. Santa Maria e Encantado relataram uma morte em cada cidade, totalizando cinco vítimas em todo o Estado.

+ “Governo de SP envia ajuda ao litoral depois de estragos causados pela chuva

FAB presta apoio no resgate aos atingidos pelos temporais no RS

Em comunicado, a Força Aérea Brasileira (FAB) informou que foi acionada, na noite desta terça-feira, para auxiliar no resgate dos atingidos pela enchente na região de Santa Maria.

+ “Alerta vermelho: Rio Grande do Sul encara grande perigo para acumulado de chuva”

A corporação “coloca à disposição” dois helicópteros H-60 Black Hawk, do Quinto Esquadrão do Oitavo Grupo de Aviação (5°/8° GAV), lotado na Base Aérea de Santa Maria (BASM). Em uma das ações de apoio, a FAB resgatou uma família que estava ilhada em uma casa com risco de desabamento (água entrando na casa).


source


Descubra mais sobre Conexão Libertas

Assine para receber os posts mais recentes por e-mail.

Deixe um comentário