Empresas do RS temem por futuro e pedem ações como na pandemia

Empresas do RS temem por futuro e pedem ações como na pandemia

O setor produtivo, especialmente as empresas de pequeno e médio porte, enfrenta desafios consideráveis

As intensas chuvas recentes que devastaram o estado do Rio Grande do Sul provocaram não só prejuízos materiais, como também repercussões consideráveis na economia local, influenciando mais de 94% da atividade econômica gaúcha.

O Portal G1 informa que o “setor produtivo”, particularmente as empresas de pequeno e médio porte, está enfrentando desafios significativos e teme pela “sobrevivência” e pelo emprego dos seus colaboradores.

Nesse contexto desafiador, foram divulgadas ações do governo estadual e federal com o objetivo de ajudar famílias e empresários na recuperação e preservação do emprego.

Adicionalmente, os bancos propuseram medidas tais como o aumento de linhas de crédito, a eliminação de taxas e a interrupção de cobranças em contratos, com o objetivo de proporcionar apoio financeiro neste momento crítico.

Contudo, as requisições do setor de produção não se limitam à esfera financeira. A flexibilização do mercado de trabalho, o adiantamento de férias, a diminuição da jornada laboral, a suspensão de contratos e a compensação futura do banco de horas são algumas das propostas apresentadas pelas empresas para minimizar os efeitos das chuvas.

O “Resgate-RS”, um dos programas em evidência, sugere ações fiscais específicas para a recuperação econômica do estado, com o objetivo de diminuir o peso dos impostos sobre as empresas impactadas por eventos adversos.

A logística emerge como um ponto crítico, enfrentando problemas de transporte de produtos, escassez de insumos e preocupações com potenciais efeitos na inflação devido à falta de produtos. Essas dificuldades impactam diretamente a cadeia de produção, demandando respostas rápidas e eficientes.

Embora existam desafios, existem perspectivas de uma recuperação mais rápida em setores como a “construção civil”, serviços e indústrias específicas, como a “metalmecânica”, de “alimentação” e “moveleira”.

source
Siga o canal Conexão Libertas no WhatsApp:

https://whatsapp.com/channel/0029Va60fTpHQbS8xzf9zq1M

Siga o canal Conexão Libertas no Telegram:

https://t.me/conexaolibertas


Descubra mais sobre Conexão Libertas

Assine para receber os posts mais recentes por e-mail.

Deixe um comentário