Eventos sem relevo levam autoridades ao exterior

Eventos sem relevo levam autoridades ao exterior

Nunca antes na história deste País se viu seminário de autoridades britânicas discutindo o Reino Unido em São Paulo ou na linda Maceió, por exemplo, tampouco ministros portugueses debatem Portugal no estupendo resort Nannai, da Praia do Forte. Mas autoridades brasileiras adoram eventos no exterior, sem relevância, desde que realizados no “circuito Helena Rubenstein” de Lisboa, Londres, Paris ou Nova York. Diplomatas dizem que a mídia europeia debocha desses eventos jecas, o que explica o veto a jornalistas no “1º Fórum Jurídico”, em Londres. Veja mas na coluna Cláudio Humberto, Diário do Poder.

Três ministros do STF, outros do governo e políticos vazaram para Londres para esse evento sem relevância, exceto para os promotores.

O evento no luxuoso The Peninsula London, ao lado do palácio real de Buckingham, não implicou em custos para os cofres públicos, diz o STF.

Sempre abertos a enforcar a semana ou curtir feriadões fora do País, algumas autoridades parecem achar que isso os torna “internacionais”.

source


Descubra mais sobre Conexão Libertas

Assine para receber os posts mais recentes por e-mail.

Deixe um comentário