Família descobre fóssil de tiranossauro durante trilha

Família descobre fóssil de tiranossauro durante trilha

Sam Fisher e seus dois filhos, Jessin e Liam, descobriram um fóssil raro de um tiranossauro. A descoberta ocorreu na região de Badlands, nos Estados Unidos, em 2022.

+ Leia mais notícias do Mundo em Oeste

A família suspeitou porque a área é rica em fósseis. Pesquisadores já encontraram esqueletos de tiranossauro na região. O que Fisher e seus filhos não sabiam é que haviam feito uma descoberta científica. 

“Meu pai chamou Jessin e Kaiden para verem, e eles vieram correndo”, disse Liam, durante uma conversa com jornalistas, realizada nesta semana, em Denver, nos EUA. “Papai perguntou: ‘O que é isso?’ E Jessin disse: ‘Isso é um dinossauro!’”

Família fotografou os ossos do tiranossauro

Naquele dia, eles posaram para uma foto com os ossos. Posteriormente, Fisher enviou a imagem para o paleontólogo Tyler Lyson, seu colega de escola. 

A partir disso, foi revelado o Teem Rex (rex juvenil), um raro esqueleto de tiranossauro, um dos poucos existentes. O público poderá vê-lo ser retirado da rocha em uma exposição, que será inaugurada em 21 de junho. 

Leia mais:

Lyson acredita que o fóssil seja de um tiranossauro que morreu de causa desconhecida quando tinha entre 13 e 15 anos. Segundo os pesquisadores, o animal tinha cerca de 7,6 metros de comprimento e pesava em torno de 1,6 mil quilos. 

Fósseis de dinossauros juvenis são raros. Eles são menores e, portanto, mais difíceis de encontrar. Além disso, há mais possibilidade de terem sido consumidos depois da morte, por causa dos seus ossos mais macios. 

Quando os exames dos ossos forem concluídos, Lyson trabalhará em um estudo científico. O objetivo é detalhar mais a descoberta, que pretende publicar nos próximos anos. 

Leia também:

source


Descubra mais sobre Conexão Libertas

Assine para receber os posts mais recentes por e-mail.

Deixe um comentário