Felipe Neto chama Arthur Lira de ‘excrementíssimo’, em sessão na Câmara dos Deputados

Felipe Neto chama Arthur Lira de ‘excrementíssimo’, em sessão na Câmara dos Deputados

Felipe Neto participou de um simpósio organizado pela Câmara dos Deputados na manhã desta terça-feira (23) para discutir ‘regulamentação’ das redes sociais.

E durante o evento, ele fez críticas ao presidente da Casa, deputado Arthur Lira (PP), o qual chamou de ‘excrementíssimo’, no lugar do pronome de tratamento ‘excelentíssimo’. (veja ao fim da reportagem)

“Hoje, perdemos o apoio da população quando usamos as palavras ‘regulamentação’ e ‘regulação’. Não torçam o nariz para isso, não estou dizendo que é errado usar essas palavras, mas estou dizendo que estamos perdendo o debate público”, afirmou Felipe Neto.

O influenciador alegou que o debate não tem relação com ‘censura’, mas que a “extrema-direita” criou uma ‘narrativa’ que associa as duas coisas.

O simpósio aconteceu no auditório Freitas Nobres da Câmara dos Deputados, com a participação virtual de Felipe Neto. “É preciso fazer com que o povo esteja do nosso lado. Eles continuam acreditando na censura. É preciso que a gente fale mais, como o Marco Civil da Internet brilhantemente fez. E é possível que a gente altere a percepção de um projeto de lei 2630, que, infelizmente, foi triturado pelo excrementíssimo Arthur Lira”, afirmou o influenciador.

O projeto ao qual Felipe Neto fez referência foi desacreditado por Lira no início deste mês. Após um encontro com líderes partidários da Câmara, ele anunciou a criação de um novo grupo de trabalho para discutir o tema das ‘fake news’ e a ‘regulação’ das redes sociais, sem a participação do deputado Orlando Silva (PCdoB-SP), que relatou o projeto 2630.

A avaliação é de que o projeto de lei relatado por Silva está “contaminado” e, por isso, ele perdeu as condições de liderar o debate. Segundo o presidente da Câmara, do jeito que estava, o projeto “não ia a canto nenhum”. (Foto: reprodução vídeo; Fonte: Itatiaia)

 

Gostou? Compartilhe!


source


Descubra mais sobre Conexão Libertas

Assine para receber os posts mais recentes por e-mail.

Deixe um comentário