Fiscalização em desmanches aumenta 30% em 2024 no Estado de São Paulo

Fiscalização em desmanches aumenta 30% em 2024 no Estado de São Paulo

O Departamento Estadual de Trânsito de São Paulo (Detran-SP) endureceu fiscalização em desmanches do estado. Entre janeiro a abril deste ano foram realizadas 322 ações de fiscalização, ante 249 no mesmo intervalo de 2023, um aumento de 29,32%.

Como resultado das ações, neste ano foram lacrados e autuados 23 negócios irregulares. Nos quatro primeiros meses do ano passado, esse número foi muito maior, 72. A redução é de 68% é um forte indício de que o mercado está se ajustando à atitude mais firme do Detran-SP.

As operações acontecem em todo o estado. No início da semana, foram visitados 18 estabelecimentos em ação conjunta entre o Detran-SP e a Polícia Civil, que resultou em quatro empresas autuadas e lacradas. No início do mês, uma única operação, também em parceria com a Polícia Civil, fiscalizou 52 desmontes no Jardim Aricanduva, zona leste da capital, e autuou 8 deles, que agora respondem administrativamente pela venda ilegal de itens de comercialização restrita, como molas, amortecedores, cinto de segurança e vidros.

É importante ressaltar que os componentes  e acessórios vendidos nestes locais, como os citados, têm comercialização proibida, conforme a legislação. quando há veículos ou peças provenientes de furto ou roubo, os proprietários desses desmanches podem ser punidos criminalmente, por se tratar de objetos oriundos de crimes – e por isso chamados de “peças de sangue”. 

source


Descubra mais sobre Conexão Libertas

Assine para receber os posts mais recentes por e-mail.

Deixe um comentário