França: homens armados matam agentes penitenciários para libertar traficante

França: homens armados matam agentes penitenciários para libertar traficante

Na manhã desta terça-feira, 14, um ataque armado na França resultou na morte de dois agentes penitenciários e deixou outros três gravemente feridos, informou a polícia local. Os criminosos abordaram um carro que transportava presos e libertaram um traficante.

+ Leia mais notícias do Mundo em Oeste

A emboscada ocorreu em uma cabine de pedágio em Incarville, na região de Eure, no norte do país. A operação aconteceu por volta das 6h (horário de Brasília).

O detento fugitivo foi identificado como Mohamed A., de 30 anos. Ele é acusado de ordenar um assassinato em Marselha. Além disso, ele tem ligações com a gangue francesa Blacks.

Governo da França procura os criminosos que mataram agentes penitenciários para libertar traficante

O ministro do Interior da França, Gérald Darmanin, anunciou uma grande operação de busca pelos criminosos e pelo traficante que fugiu.

“Todos os recursos foram empregados para encontrar esses criminosos”, escreveu Darmanin, no Twitter/X. “Sob minhas ordens, várias centenas de policiais foram mobilizados.”

Já o ministro da Justiça, Éric Dupond-Moretti, informou que dois dos policiais feridos estavam em estado crítico. “Absolutamente tudo será feito para encontrar os autores desse crime desprezível”, declarou ele à BFM TV. “Essas são pessoas para as quais a vida não significa nada. Elas serão presas, julgadas e punidas de acordo com o crime que cometeram.”

O presidente francês, Emmanuel Macron, também se manifestou. Ele disse por meio das redes sociais que o seu governo fará de tudo para encontrar os criminosos. “Tudo será feito para encontrar os autores desse crime, para que a justiça possa ser feita em nome do povo francês”, declarou Macron.

A violência relacionada ao tráfico de drogas aumentou significativamente em toda a Europa. A França é um dos países mais afetados por esse tipo de crime. 

A cidade de Marselha, em particular, tornou-se o epicentro de intensas disputas entre facções do tráfico.

A operação de busca continua, com várias centenas de policiais mobilizados para localizar Mohamed A. e os demais envolvidos na emboscada. A polícia francesa usa todos os recursos disponíveis na tentativa de prender os criminosos e garantir a segurança pública.


source
Siga o canal Conexão Libertas no WhatsApp:

https://whatsapp.com/channel/0029Va60fTpHQbS8xzf9zq1M

Siga o canal Conexão Libertas no Telegram:

https://t.me/conexaolibertas


Descubra mais sobre Conexão Libertas

Assine para receber os posts mais recentes por e-mail.

Deixe um comentário