Governo Lula gasta R$ 70 mil com tapetes para os palácios do Planalto e da Alvorada

Governo Lula gasta R$ 70 mil com tapetes para os palácios do Planalto e da Alvorada

Peças vão ficar nas áreas de circulação e de cerimônias dos edifícios

O governo de planeja gastar um pouco mais de R$ 70 mil em tapetes para os palácios do Planalto e da Alvorada, mantendo as cores “mel claro e polar”.

Segundo o Executivo, as novas peças serão posicionadas nas áreas de circulação e de cerimônias do palácio. O valor de uma das unidades pode chegar a R$ 19 mil.

Conforme o pedido, os itens serão fabricados em sisal. “Essa escolha se fundamentou nas vantagens que esse material proporciona para a natureza quando comparado à fibra sintética, pois é biodegradável”, diz trecho do pedido.

A Diretoria Curatorial dos Palácios Presidenciais da Presidência da República forneceu o projeto de aquisição dos tapetes, bem como a definição das formas e cores.

Gastos do governo Lula com lençóis

No mês de novembro do ano anterior, quase R$ 90 mil foram gastos pelo governo na renovação do enxoval do Alvorada.

A Presidência comprou 168 itens, incluindo colchas (feitas de “fios egípcios”), lençóis, fronhas, edredons, cobre-leitos, tapetes e roupões.

O padrão exigido: “Primeira linha, referência Zelo, MMartan, similar ou melhor qualidade”.

Móveis de luxo

Durante o começo do mandato de Lula, a administração adquiriu “móveis de luxo” para o Alvorada, investindo aproximadamente R$ 200 mil.

À época, o Executivo culpou o ex-presidente pelo “sumiço” de parte da mobília.

Os objetos desaparecidos, contudo, estavam armazenados em galpões no próprio palácio. As informações são da Revista Oeste.

source


Descubra mais sobre Conexão Libertas

Assine para receber os posts mais recentes por e-mail.

Deixe um comentário