‘Há juiz em Curitiba’, diz Moro após absolvição no TRE-PR

‘Há juiz em Curitiba’, diz Moro após absolvição no TRE-PR

O Senador Sérgio Moro (União-PR) falou à imprensa, nesta terça-feira (9), após o fim do julgamento que determinou sua inocência perante o Tribunal Regional Eleitoral do Paraná.

“Há juiz em Curitiba”, comemorou Moro parafraseando a famosa frase “há juiz em Berlim”, que tem implicações sobre o zelo pela lei. Trata-se de uma máxima conhecida do universo jurídico, com significado remetente à segunda guerra mundial e ao ‘conto’ sobre o rei Frederico II em ‘disputa jurídica’ com o dono de um moinho.

“Um julgamento técnico e impecável rejeitou as ações que buscavam a cassação do mandato de senador que me foi concedido pela população paranaense. Na data de hoje, o Tribunal Regional de Curitiba representa um farol para a independência da magistratura frente ao poder político. Juízes, desde que independentes, e sujeitos apenas à Lei são a garantia da liberdade”, ponderou.

Para Moro, o TRE honrou os votos de quase 2 milhões de paranaenses que o elegeram. Ele falou em ‘oportunismo’ para se referir às ações movidas contra seu mandato, citou injustiças e ameaças sofridas por sua família e agradeceu o apoio da esposa, deputada Rosangela Moro(União).

De acordo com o senador, é tempo de ‘pacificação institucional’. Ele também pregou ‘o respeito ao Congresso Nacional’ e disse que “os divergentes precisam ser convencidos e não eliminados”. 

Foram 5 votos a 2 em favor do ex-juiz da Lava Jato e ex-ministro da Justiça, a maioria foi formada acompanhando o entendimento do relator do caso, o desembargador Juliano Coeberllini, de que durante campanha eleitoral Moro não cometeu abuso de poder econômico, não praticou caixa dois, tão pouco fez uso indevido dos meios de comunicação ou praticou formação de quadrilha.

source


Descubra mais sobre Conexão Libertas

Assine para receber os posts mais recentes por e-mail.

Deixe um comentário