Ibaneis cria banco de dados de agressores de mulheres no DF

Ibaneis cria banco de dados de agressores de mulheres no DF

O governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha (MDB), sancionou lei esta semana que cria um banco de dados que pretende concentrar todas as informações de pessoas que cometeram crimes contra mulheres. A norma já está em vigor e inclui apenas os casos considerados transitado em julgado. O banco de dados não incluirá nomes de outras unidades da Federação, como Luiz Cláudio Lula da Silva, filho do presidente Lula (PT) acusado de espancar e ofender a ex-mulher, que o denunciou à polícia. A informação é da Coluna Cláudio Humberto, do Diário do Poder.

O brado da ex-mulher de Luiz Cláudio tem sido ignorado por Lula, Janja, políticas, parte da imprensa, entidades oficiais de defesa da mulher etc.

A ideia do banco de dados criado por Ibaneis é criar ferramenta de apoio à luta contra misóginos covardes que agridem e até matam mulheres.

Serão cadastrados autores de crimes de feminicídio, estupro, violência psicológica, perseguição, lesão corporal, invasão de celulares etc.

source


Descubra mais sobre Conexão Libertas

Assine para receber os posts mais recentes por e-mail.

Deixe um comentário