Jogador da NFL pede desculpas por comentário sobre gangues em São Paulo

Jogador da NFL pede desculpas por comentário sobre gangues em São Paulo

O jogador de futebol americano Josh Jacobs, do Green Bay Packers, pediu desculpas por comentários feitos sobre gangues em São Paulo. O running back havia afirmado, em um podcast, que não poderia “usar verde” devido a questões de segurança. Após o episódio receber críticas online, ele se desculpou em sua rede social.

“Eu estava mal-informado”, escreveu Jacobs em um story no Instagram. “Desculpa, Brasil. Vejo vocês em breve”.

Primeira partida da NFL no Brasil

Em 6 setembro, o Green Bay Packers enfrentará o Philadelphia Eagles na Neo Química Arena, na Zona Leste de São Paulo. Esta será a primeira vez que a liga norte-americana de futebol americano realizará um jogo no país. Ambas as equipes têm o verde como cor predominante, o que gerou o comentário polêmico de Jacobs.

+ Leia mais notícias de Esporte em Oeste

Durante o podcast, ao ser perguntado sobre a viagem ao Brasil, o jogador mencionou as supostas gangues. “Eles disseram que a gente nem pode usar verde nesta parte do Brasil”, afirmou Jacobs, gerando surpresa no apresentador Chris Long, que questionou o motivo. “Eles disseram que tem alguma coisa a ver com gangues”, completou o atleta, sugerindo que os jogadores provavelmente não poderão passear pela cidade.

Repercussão e explicações

O apresentador Chris Long explicou em sua conta no Twitter/X que a própria NFL está orientando os jogadores a não usarem verde. A rivalidade histórica entre Palmeiras, cujo uniforme é verde, e Corinthians, que usa preto e branco, pode ter contribuído para o mal-entendido.

Leia também: ‘Astronauta da Apollo 8 morre em acidente aéreo’

A liga ainda não se pronunciou oficialmente sobre o caso. A partida entre Green Bay Packers e Philadelphia Eagles promete ser um marco para o esporte no Brasil, apesar das polêmicas.

source


Descubra mais sobre Conexão Libertas

Assine para receber os posts mais recentes por e-mail.

Deixe um comentário