Morre aos 91 anos o jornalista Ziraldo

Morre aos 91 anos o jornalista Ziraldo

Sem causa confirmada, morreu, aos 91 anos, neste sábado (6), o jornalista, cartunista e escritor Ziraldo Alves Pinto, eternizado na memória dos brasileiros. Ele foi criador de personagens como Menino Maluquinho, maior ‘hit’ da literatura infanto-juvenil brasileira. Ele marcou a cena cultural do país nos últimos 70 anos.

Ziraldo Alves Pinto foi um dos fundadores do “O Pasquim”, símbolo cultural que enfrentou o regime militar no fim dos anos 1960.

Mineiro, Ziraldo nasceu na cidade de Caratinga, em 24 de outubro de 1932. No Rio de Janeiro, o ícone da arte e da cultura brasileira atuou em agências de publicidade. Retornou a Minas para servir o Exército e, mas retomou no Rio a carreira na comunicação, trabalhando nas revistas “O Cruzeiro” e “A Cigarra”.

Faceta marcante na carreira de Ziraldo foram as charges políticas, que provocavam a sanha dos retratados. Diz a história que políticos alvo das charges de Ziraldo ligavam para para sua casa logo de amanhã, elogiando-o ou criticando-o. Algumas das suas últimas foram publicadas em 1982, quando estava no “Jornal do Brasil”.

source


Descubra mais sobre Conexão Libertas

Assine para receber os posts mais recentes por e-mail.

Deixe um comentário