Padilha responde Lira: ‘se um não quer, dois não brigam’

Padilha responde Lira: ‘se um não quer, dois não brigam’

O ministro das Relações Institucionais, Alexandre Padilha, rebateu, nesta sexta-feira (12/4), os comentários do presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), que o chamou de “desafeto pessoal” e “incompetente”.

Sinceramente, não vou descer a esse nível. Sou filho de uma alagoana arretada que sempre disse que, se um não quer, dois não brigam”, comentou Padilha a jornalistas antes de um evento no Rio de Janeiro.

Não tenho nenhum tipo de rancor. A periferia de São Paulo produziu uma grande figura, o Emicida, que diz: ‘Mano, o rancor é igual tumor: envenena a raiz, quando a plateia só deseja ser feliz’. Sei que os deputados querem ser feliz e manter os bons resultados para o país“.

A resposta de Padilha a Lira ocorre pouco depois de o presidente da Câmara dizer que o ministro é um ‘incompetente’. O político alagoano também disse que o atual ministro é um ‘desafeto pessoal’. “Não existe partidarização, eu deixei bem claro que ontem a votação é de cunho individual, cada deputado é responsável pelo voto que deu. Não tem nada a ver.” O episódio marca o tensionamento que se arrasta desde o início do governo.

source


Descubra mais sobre Conexão Libertas

Assine para receber os posts mais recentes por e-mail.

Deixe um comentário