Prefeitura do Rio vai gastar R$ 10 milhões em show de Madonna em Copacabana

Prefeitura do Rio vai gastar R$ 10 milhões em show de Madonna em Copacabana

O próximo concerto de Madonna, marcado para acontecer na Praia de Copacabana em 4 de maio, será apoiado financeiramente pela prefeitura do Rio de Janeiro, conforme relatado na edição mais recente do Diário Oficial do Município, publicada na última segunda-feira (8). A Bonus Track Entretenimento Ltda, responsável pela organização do espetáculo, será a beneficiária do patrocínio de R$ 10 milhões.

O financiamento público levantou questões sobre o uso de recursos públicos para um evento realizado por uma entidade privada, uma vez que o show da renomada cantora faz parte das celebrações do centenário do Banco Itaú, do qual Madonna é embaixadora, juntamente com outras personalidades como Fernanda Montenegro, Ronaldo Fenômeno e Jorge Benjor.

Para justificar o substancial investimento na apresentação, a prefeitura divulgou, na manhã deste sábado (13), um estudo elaborado pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano e Econômico (SMDUE), em colaboração com a Secretaria Municipal de Turismo (SMTUR). O estudo destaca os impactos econômicos diretos e indiretos de grandes eventos como esse.

“É importante destacar que grandes eventos ou shows, como o de Madonna no Rio, têm efeitos econômicos diretos sobre a economia local, além de impactos indiretos, como os culturais, políticos e de imagem, que podem ser substanciais”, menciona um trecho do comunicado.

De acordo com o estudo, baseado em dados do Réveillon, estima-se que o público presente no show seja de pelo menos um milhão de pessoas, sendo 85% provenientes do Rio e da Região Metropolitana, 12% turistas nacionais e 3% turistas estrangeiros.

Os números apresentados pela prefeitura sugerem um forte aumento na movimentação de passageiros nos aeroportos e rodoviárias, além de uma ocupação hoteleira quase completa em bairros como Copacabana, onde ocorrerá o evento.

O estudo também analisa os gastos médios dos diferentes perfis de público, indicando que o impacto total na economia do Rio, considerando os gastos dos espectadores, seria de aproximadamente R$ 293,4 milhões.

Outro ponto ressaltado é que o investimento público de R$ 10 milhões para o show de Madonna pode resultar em um retorno significativo para a prefeitura, com um aumento projetado na arrecadação de impostos sobre serviços relacionados ao turismo, como transporte municipal, aeroportos e rodoviárias.

“Com base nessas estimativas e hipóteses, o investimento público para o show da Madonna também pode ser recuperado pela prefeitura por meio do aumento da arrecadação de impostos”, conclui o documento. E mais: Janja diz exercer papel de ‘articuladora’ no governo de Lula. Clique AQUI para ver. (Foto: reprodução redes sociais; Fonte: F5)

Gostou? Compartilhe!

source


Descubra mais sobre Conexão Libertas

Assine para receber os posts mais recentes por e-mail.

Deixe um comentário