Tensão entre Coreias aumenta com troca de alto-falantes e balões

Tensão entre Coreias aumenta com troca de alto-falantes e balões

Os militares da Coreia do Sul detectaram, nesta segunda-feira, 10, sinais de instalação de alto-falantes pela Coreia do Norte ao longo da fronteira, o que aumenta a tensão entre os dois países. A Coreia do Sul respondeu com uma transmissão de propaganda anti-Pyongyang neste domingo, 9.

A retomada das transmissões de propaganda pelo país sul-coreano foi uma resposta ao envio de balões cheios de lixo e esterco pela Coreia do Norte. Pyongyang descreveu essa ação como uma retaliação aos grupos civis sul-coreanos que espalham panfletos anti-norte-coreanos.

+ Leia mais notícias do Mundo em Oeste

Apesar da troca de propaganda e de balões entre os países, as discussões sobre as ambições nucleares norte-coreanas permanecem estagnadas. Nas últimas conversas em Seul, os Estados Unidos e a Coreia do Sul discutiram estratégias de dissuasão nuclear.

Conflitos se intensificam

Segundo o jornal O Estado de S. Paulo, Kim Yo Jong, a irmã mais nova do ditador norte-coreano, Kim Jong Un, alertou que o sul criou um “prelúdio para uma situação muito perigosa”.

“Advirto severamente Seul, capital sul-coreana, para denunciar imediatamente as suas atividades perigosas que provocariam ainda mais uma crise de confronto”, disse.

Lee Sung Joon, porta-voz do Estado-Maior da Coreia do Sul, afirmou que os comentários de Kim representam uma ameaça verbal intensificada. O Seul realiza serviços em locais protegidos e prontos para reagir rapidamente.

Em 2018, a Coreia do Sul retirou alto-falantes da fronteira durante um breve período de envolvimento com a rival do norte. O gabinete presidencial do Seul acusa Pyongyang de tentar causar “ansiedade e perturbação” no país.

Coreia do Norte envia (de novo) balões com lixo vizinhos sul-coreanos

No último sábado, 8, os militares sul-coreanos anunciaram que Pyongyang enviou mais uma leva de balões cheios de lixo. Foi a terceira vez desde 28 de maio que a ditadura de Kim Jong-un utiliza essa tática como provocação, em um contexto de crescente tensão na Península Coreana.

“A Coreia do Norte lança mais uma vez (supostos) balões transportando resíduos para o Sul”, disseram os chefes do Estado-Maior Conjunto da Coreia do Sul, em comunicado. O documento desaconselha tocar nos balões e pede que sua presença seja comunicada às autoridades.

Nos últimos dias, as tensões entre as duas Coreias aumentaram depois de a Coreia do Norte lançar centenas de balões com lixo e esterco em direção a Seul.

Pyongyang descreveu a ação como “presentes sinceros”, em resposta a panfletos lançados por ativistas sul-coreanos com propaganda contra Kim Jong-un.

A Coreia do Sul suspendeu um acordo de tensão assinado em 2018 com a Coreia do Norte, para restaurar as atividades militares na linha de frente. A suspensão deve durar até que a confiança mútua seja restabelecida.

source


Descubra mais sobre Conexão Libertas

Assine para receber os posts mais recentes por e-mail.

Deixe um comentário