WhatsApp vai parar de funcionar em 35 modelos de celular

WhatsApp vai parar de funcionar em 35 modelos de celular

Desde o início deste mês de maio, usuários de 35 modelos específicos de smartphones enfrentam a incompatibilidade de seus aparelhos com o WhatsApp, aplicativo amplamente utilizado em todo o mundo.

Leia mais: “WhatsApp vai passar a ter áudios de ‘visualização’ única”

A atualização afeta modelos antigos de marcas como Motorola, Lenovo, Huawei, Xiaomi, LG, Sony, Samsung, e também impacta alguns dispositivos da Apple.

A Meta, empresa que administra o WhatsApp, justifica a medida como uma necessidade para aprimorar a segurança e o desempenho do aplicativo.

Foram requisitados assim recursos tecnológicos avançados disponíveis apenas em modelos mais recentes de smartphones.

Os modelos afetados englobam uma variedade de dispositivos, incluindo, mas não limitado a, o Samsung Galaxy S4 mini I9195 LTE, Galaxy Ace Plus, Galaxy Core, Galaxy Note 3 Neo LTE+, além de iPhones como o iPhone 6S, iPhone SE e iPhone 6.

Leia mais: “WhatsApp vai ‘dedurar’ quem estiver on-line”

A lista completa abrange dispositivos de outras marcas renomadas, o que evidencia a diversidade dos sistemas operacionais Android e iOS afetados pela atualização.

A incompatibilidade com versões mais antigas do sistema operacional resulta na perda de acesso a atualizações futuras, correções de erros e suporte técnico do WhatsApp. Isto pode comprometer significativamente a experiência do usuário.

Informações preservadas

WhatsApp
Meta recomenda a migração para dispositivos mais modernos | Foto: Reprodução/Pixabay

Diante dessa transição, a Meta aconselha os proprietários dos modelos mencionados a fazerem um backup de suas mensagens para preservar suas informações. Ou ainda considerarem a migração para um dispositivo mais moderno, para garantir a continuidade do uso do serviço sem interrupções.

+ Leia mais notícias de Tecnologia em Oeste

Essa decisão, na visão da Meta, sublinha a importância da evolução tecnológica e do compromisso com a segurança dos dados dos usuários. Ao mesmo tempo que expõe o inevitável atraso de dispositivos mais antigos em um mercado de constante inovação.

source


Descubra mais sobre Conexão Libertas

Assine para receber os posts mais recentes por e-mail.

Deixe um comentário